Brincar de pintar: como fazer pinturas usando objetos diferentes?

Ainda que hoje a tecnologia faça parte da vida das famílias, não há nada mais satisfatório e fascinante do que praticar e incentivar o lado lúdico tradicional por meio das brincadeiras. Por exemplo, para brincar de pintar é fundamental colocar a “mão na massa”, trabalhar a criatividade, desenvolver habilidades, expandir o pensamento e, por que não, se sujar um pouquinho também?

Pensando justamente nisso, preparamos este post com algumas ideias de como brincar de pintar de verdade, na prática e com objetos diferentes, que podem ser encontrados em papelarias ou até mesmo em casa. A seguir, você encontrará dicas de como fazer desenhos com tinta guache, pinturas com plástico bolha e muito mais.

Leia até o final, confira as nossas dicas e prometa deixar um pouco de lado o notebook, o smartphone ou o tablet para se divertir e vivenciar esse momento com o filho. Sem mais delongas, vamos começar?

Como brincar de pintar de maneira clássica?

Aqui, separamos alguns acessórios indispensáveis e clássicos para brincar de pintar com os seus filhos, que você pode encontrar em papelarias e em lojas on-line. Sendo assim, anote as dicas e prepare a sacolinha de compras.

Pincéis e tintas

Sem medo de se sujar, que tal deixar alguns pincéistintas guaches e um bloco de desenho A2 para as crianças soltarem a imaginação?

Vale ressaltar que essa prática não se limita apenas a um momento de diversão! Afinal, pintar também contribui muito para o processo de aprendizado dos filhos, permitindo que eles desenvolvam o controle motor, psíquico, a criatividade e, até mesmo, possibilitando criarem habilidades futuras.

Para ficar ainda mais divertido e com um propósito educativo, uma dica é sugerir temas do tipo: como eles enxergam a vida, a escola, o bairro, entre outros. Deixe-os livres para desenvolver as suas pinturas, ainda que sejam abstratas, e permita-os “viajar” em suas imaginações e explicações.

Quadro branco

Outra forma de brincar de pintar, e com muito menos sujeira e bagunça do que a dica anterior, é investir em um quadro branco e as canetas próprias para isso (que também são chamadas de pincéis para quadro branco).

Dessa forma, você conta com um material mais prático, limpo e duradouro, que permite brincar à vontade, apagar, refazer, corrigir e gastar toda a imaginação possível da criança.

Como dica, invista em uma variedade grande de canetas coloridas e, como forma de motivar, incentivar e desenvolver habilidades, você pode disponibilizar desenhos impressos ou, até mesmo, feitos por você, para que a criança copie em uma escala maior no quadro e reinvente aquela arte, conforme as suas ideias.

Impressões

Um excelente passatempo e uma forma mais didática de brincar de pintar é, simplesmente, escolher algumas figuras e desenhos na internet e imprimi-las para que as crianças preencham com as cores que desejarem. Para isso, basta contar com uma boa impressora, um bloco de papel, alguns lápis de colorir, bons desenhos e, claro, muita criatividade.

Com as mãos

Você não tem nenhum pincel na sua casa? Saiba que essa não é uma desculpa, pois uma das melhores maneiras de pintar com as crianças é usando as próprias mãos — e até mesmo os pés.

A tinta guache é solúvel em água e dificilmente causa alergias de pele, portanto, pode deixar os seus filhos se sujarem o quanto quiserem. Essa é uma das formas mais lúdicas de pintar, pois trabalha todos os sentidos sensoriais das crianças. Além disso, você pode guardar os desenhos e as pinturas dos seus filhos de recordação, para que eles percebam como as suas mãos cresceram com o passar do tempo.

Como pintar usando materiais que podem ser encontrados dentro de casa?

Agora, vamos destacar algumas ideias incríveis de tudo o que pode ser usado como base para as pinturas e desenhos. Quase todos esses objetos podem ser encontrados na sua casa e, em vez de descartá-los de primeira, que tal reaproveitá-los de forma criativa e divertida? Confira a seguir!

Plástico bolha

Fugindo um pouco dos acessórios mais convencionais para brincar de pintar, vamos começar uma lista de objetos que quase sempre descartamos ou colocamos de lado por não ter muitas outras utilidades, como é o caso do plástico bolha.

No entanto, basta ter algumas tintas e papel em casa que tudo pode se transformar em uma divertida brincadeira. Para entender melhor como isso é possível, faça o seguinte experimento: em uma bandeja limpa, despeje algumas porções de tinta guache e enrole o plástico bolha em um rolo de pizza. Passe sobre a tinta e, depois, role por cima de um papel para ver o resultado um tanto quanto curioso e colorido.

Para render mais e garantir mais espaço, a dica é comprar uma bobina de papel kraft, pois, dessa forma, dá para fazer pinturas enormes.

Rolha de vinho

Em vez de descartar as suas rolhas de vinho, que tal transformá-las em uma criativa e sustentável ferramenta para brincar de pintar com os seus filhos? Pois é, esses pequenos acessórios, que normalmente não têm mais utilidade depois que acaba a bebida, podem ser usados como carimbos e até pincéis para a criançada se divertir.

Para ficar ainda mais legal, com a ajuda de um elástico, você pode juntar duas, três ou mais rolhas, cada uma com a ponta suja de uma cor diferente, e criar uma “ferramenta” multicolorida. O resultado é sempre incrível!

Lego

Se seu filho já tem algumas peças de Lego, saiba que além de montar objetos diferentes, esse brinquedo também pode ser transformado em pequenos carimbos. Para isso, basta comprar umas almofadas próprias para carimbo ou, mais uma vez, recorrer à tinta guache.

De ambas as formas dá para brincar de pintar e aproveitar os mais diferentes formatos das peças para criar desenhos e figuras incríveis.

Latas de alumínio

Aquelas latas vazias de achocolatado, de café, de sardinha ou de qualquer outro produto também não precisam ser descartadas. Ao retirar os rótulos, você e os seus filhos terão um excelente objeto para ser colorido e, posteriormente, que pode ter até alguma utilidade, como um porta-lápis, porta-pincéis etc.

Aqui, você pode utilizar tintas e pincéis, mas também incrementar com outros materiais, como purpurina, fitas de papel e cola branca. Use a criatividade e trabalhe as infinitas ideias!

Borrifador

Com um pouco de água e um borrifador, você consegue criar um efeito incrível. Essa dica é ótima para crianças pequenas que ainda não têm tanta coordenação motora e, por isso, não conseguem fazer desenhos.

Dilua a tinta, de preferência guache, em um pouco de água e coloque em um borrifador. Quanto mais água houver na mistura, mais suave a cor ficará. Recomendamos que você utilize uma folha cartolina para a pintura, já que o tamanho e a gramatura da cartolina facilitam o uso do borrifador.

Qual é a tinta mais recomendada para o uso de crianças?

Não é à toa que a tinta guache é um dos materiais artísticos mais utilizados nas escolas. Esse tipo de tinta é lavável, fácil de usar e dificilmente provoca alergia nas crianças — mesmo assim, deve-se evitar aplicar esse produto na pele, pois a tinta guache entope os poros após secar.

As tintas guache são muito semelhantes às aquarelas; a diferença é que a primeira tem uma consistência mais densa e o seu acabamento é opaco. Isso acontece porque na composição da guache há a adição de pigmento branco e de goma-arábica. O resultado dessa mistura são cores mais vibrantes e menos transparentes. Outra vantagem desse tipo de tinta é que ela é solúvel em água, portanto, você pode deixar os seus filhos se sujarem à vontade.

Embora a tinta guache seja muito utilizada em trabalhos escolares, ela também é adorada pelos artistas profissionais. É claro que existem várias marcas, e a qualidade e o preço variam muito. Mas como o seu objetivo é apenas entreter as suas crianças, então, você não precisa investir em uma tinta mais cara.

Qual é a importância da pintura para as crianças?

Os desenhos estão presentes na vida do homem desde os tempos das cavernas. Indo ou não à escola, desenhar é uma atividade que faz parte do instinto das crianças, afinal, é por meio do desenho e da pintura que os pequenos expressam seus pensamentos, sentimentos e ideias.

A pintura, assim como outras atividades manuais, trabalha a coordenação motora da criança, os sentidos, a percepção de espaço e a agilidade. Além disso, ela também instiga a curiosidade. Você provavelmente já deve ter visto crianças misturando cores para ver qual seria o resultado ou colocando o pincel sujo na água para ver a tinta se diluir. Tudo isso contribui para o aprendizado das crianças.

Essas foram algumas dicas e ideias para você brincar de fazer desenhos com tinta guache junto com os seus filhos e os amigos. Sem dúvidas, promover experiências como essas podem proporcionar momentos únicos de alegria e muito aprendizado, possibilitando que a criança desenvolva habilidades, a criatividade, e solte, como nunca, toda a sua imaginação — muito além do que qualquer jogo moderno e tecnológico.

Gostou deste artigo? Quer ler mais dicas sobre desenhos e pinturas? Então, confira este outro texto onde nós mostraremos quais são os melhores materiais para desenhos.

Previous slide
Next slide
Receba nossos conteúdos gratuitamente!

Conteúdos mais acessados

Produtos em Destaque

Vivemos em um mundo cada vez mais conectado e por isso escolher um bom Headset sem fio é fundamental e

Hoje é dia de falar da tão querida e esperada Black Friday. Trata-se de um evento comercial cuja origem é

A panela certa faz toda a diferença na cozinha, portanto escolher a ideal é fundamental. Isso causa um impacto direto

Fechar menu