Os melhores tipos de caneta do mercado de 2024

Apaixonados por itens de papelaria, vamos falar de um dos itens mais desejados em qualquer loja especializada. Sempre haverá um espaço dedicado às canetas, que chamam a atenção por suas cores e, mesmo na era digital, permanecem sempre na moda. 

Quando precisamos anotar algo, nosso primeiro instinto é procurar por caneta e papel. E não precisa ser só para anotações. Assinar documentos, fazer desenhos e colorir, escrever um recadinho para alguém especial, elas sempre estarão por perto.

Então, se elas estão presentes a todo momento em nossa vida, é hora de conhecer neste post os melhores tipos de caneta do mercado e a funcionalidade de cada uma delas.

Como foi a evolução da caneta?

Se a caneta serve para contar história, vamos começar então com um pouco de sua própria história. Ao longo dos séculos, diferentes povos e culturas tentaram criar seus próprios tipos de canetas.

No Egito Antigo, as primeiras canetas eram feitas com objetos pontiagudos mergulhados em tinta. Na China, o conceito era parecido: varas de bambu e pincéis feitos com pelos de animais eram mergulhados na tinta para trabalhar a escrita durante a dinastia Han.

Depois, no Ocidente, desenvolveu-se o modelo mais popular de caneta durante séculos, feito a partir de pena de ave. Era só molhar a ponta no tinteiro para escrever — certeza que você lembra da cena em algum filme histórico. A caneta de pena de ave só caiu em desuso no século XIX, quando foram inventadas as canetas-tinteiro. 

Quem criou a primeira caneta?

A primeira caneta com reservatório de tinta próprio, conhecida como caneta-tinteiro, foi inventada em 1827 pelo romeno Petrache Poenaru. Obviamente, ela representou um marco pois tinha um armazenamento próprio de tinta que a alimentava. 

Entretanto, o fluxo de tinta instável era um dos principais problemas de funcionamento do modelo de Poenaru, que foi aperfeiçoado em 1884 pelo americano Lewis E. Waterman, que patenteou a caneta-tinteiro, mas não foi o pioneiro em sua criação.

Já o modelo de caneta esferográfica, o mais utilizado nas escolas, escritórios, comércio e em casa, é criação do húngaro Lázló Bíró, em 1938. Após anos de aprimoramento, ele utilizou uma minúscula esfera giratória na ponta da caneta que distribuía a tinta no papel de maneira mais uniforme, sem vazamentos ou manchas no papel.

Qual é a matéria-prima de uma caneta?

Agora, você faz ideia dos materiais utilizados para fazer uma caneta? A matéria-prima pode variar de acordo com o tipo de caneta e do fabricante. 

Em geral, nas canetas esferográficas, as mais utilizadas atualmente, a tinta é feita à base de óleo devido a rápida absorção no papel. Contudo, há modelos em que a tinta é produzida a partir de solventes ou com gel. Para que o líquido não escorra pelo tubo, são misturados resinas, corantes e outros aditivos em sua composição.

Já o corpo das canetas mais utilizadas é feito a partir do polipropileno, um tipo de plástico, embora existam canetas mais sofisticadas, como a de metal. A ponta também pode ser feita a partir de diversos tipos de metais, como o aço inoxidável.

Tipos de caneta

Agora que você já conhece um pouco sobre a história da caneta e como ela é feita, vamos ao que interessa: quais são os melhores tipos de caneta disponíveis no mercado.

A caneta esferográfica serviu de base para desenvolver outros modelos. Elas podem se diferenciar pelo tipo de tinta, o tamanho da ponta, o acabamento, mas podem também ter utilidades distintas e servir para escrever em materiais diferentes, como tecido, madeira ou metal. 

Pensando nessa variedade, fizemos esta lista com os principais tipos de caneta para você utilizar no dia a dia.

Caneta esferográfica

Como já explicamos, o modelo mais popular é a caneta esferográfica, que utiliza um ballpoint para distribuição uniforme da tinta e sem manchar a superfície. Além disso, ela tem rápida secagem e é um tipo democrático, com custo de produção muito barato.

A principal variação das esferográficas (as populares BIC) é a espessura das pontas: as mais finas proporcionam traços mais precisos; as médias são as mais utilizadas no dia a dia; e as mais grossas oferecem uma escrita mais macia.

Caneta esferográfica retrátil

Sabe aquele “ticzinho” marcante de quando alguém aperta constantemente a parte de cima de uma caneta? É o barulho característico das canetas esferográficas retráteis

A premissa delas é a mesma do modelo anterior, que explicamos acima. A diferença está justamente na existência de um mecanismo de molas e trava para recolher a ponta, fazendo com que não seja necessário uma tampa. Outro tipo muito popular de esferográfica retrátil são as canetas de 4 cores, aquela em que basta um clique para mudar a ponta (e, claro, a cor).

Caneta esferográfica gel

Tem criação japonesa na nossa lista também. A caneta esferográfica gel foi desenvolvida na década de 80 pelos asiáticos com uma tinta em gel à base de água.

Como a tinta desta caneta é mais densa, ela desliza com mais suavidade sobre o papel e é mais resistente do que as esferográficas comuns. Outras vantagens são a rapidez de secagem, a excelente cobertura — é ótima para marcações — e tem menos chances de manchar a superfície, principalmente o papel.

Caneta esferográfica apagável

Quem não gosta de sair usando corretivo com frequência vai se apaixonar pela caneta esferográfica apagável. Ela é feita com tinta termossensível que, ao ser exposta ao calor ou frio, pode ser modificada — isso mesmo, apagada.

Sendo assim, esta criação recente — desenvolvida em 2007 — vem com uma borracha rígida na parte superior. Errou? É só apagar, como se estivesse escrevendo com lápis. Ideal para quem precisa anotar informações com rapidez e não quer ficar rabiscando todo erro. 

Caneta de metal

Você acha que caneta não é presente? É sim, e dos mais sofisticados. As canetas de metal são consideradas itens de luxo, uma opção diferente e até criativa para presentear alguém — mas é bom conhecer bem a pessoa e saber que a lembrança terá utilidade.

No geral, elas apresentam um design mais elegante e acabamento refinado. Como o corpo é feito de materiais metálicos, elas têm maior durabilidade e resistência ao desgaste e podem receber aplicações grafadas para se tornarem lembranças personalizadas.

Caneta com base fixa

Essa você já encontrou por aí em algum banco, cartório ou em casas lotéricas. As canetas com base fixa são canetas esferográficas ou de outro modelo, mas que ficam presas a um suporte geralmente fixado em mesas ou balcões.

São bastante comuns em lugares de grande movimento que precisam disponibilizar o item para uso frequente. A base pode ser feita em metal ou plástico, com um suporte para a caneta. Alguns modelos podem apresentar diferenciais, como espaços para organizar cartões ou pedaços de folha para rascunho.

Caneta Hidrográfica

Para quem trabalha com desenhos e ilustrações, a caneta hidrográfica será uma opção rotineira. Este é um modelo feito com tinta à base de água, que tem rápida absorção e alta qualidade nas cores. 

Seja para colorir, contornar ou fazer marcações, é, portanto, uma caneta ideal para criação de trabalhos artísticos. Ela também se difere das esferográficas em sua ponta, feita em fibra de nylon, poliéster ou feltro. E por ser uma tinta à base de água, a remoção também é mais fácil.

Caneta Hidrográfica Brush Pen

A brush pen é um tipo de caneta hidrográfica, portanto tem as mesmas vantagens do modelo que acabamos de falar acima. Porém, ela é mais indicada para trabalhos com a técnica de lettering, ou seja, a escrita e designs mais elaborados.

Seu diferencial é que a ponta tem o formato de pincel (brush), proporcionando traços mais suaves e fluídos. Com a combinação de diferentes cores, é possível criar verdadeiras obras com este tipo de caneta, que tem longa vida útil e pode ser recarregável.

Caneta para tecido

Quem já pensou em customizar alguma roupa com desenhos e cores sabe que é preciso encontrar uma caneta especial para isso, e é desse tipo de caneta que estamos falando.

A caneta para tecido é feita com uma tinta especial de excelente fixação e resistente à lavagem, que permite a qualquer pessoa expressar o seu lado artístico para criar uma peça. Ela pode ser encontrada em grande variedade de cores e costuma oferecer tons mais vibrantes, especialmente nos tecidos mais indicados (em geral, algodão). 

Caneta Nanquim

Entre os melhores tipos de caneta do mercado, podemos dizer que a caneta nanquim é uma das queridinhas do momento. Ela é ideal para combinar o colorido com a técnica de lettering, com linhas mais precisas e detalhadas.

A tinta da nanquim é resistente à água, não desbota e produz sombreamentos suaves. Ela é verdadeiramente querida entre o público com vocação para trabalhos artísticos e, também, é um modelo que possui diversas espessuras de pontas. 

Caneta para retroprojetor

Versatilidade é a principal qualidade da caneta para retroprojetor. Como o próprio nome diz, trata-se de um modelo indicado para escrita em transparências de retroprojetores. Mas a alta qualidade de sua tinta conversa bem com outros materiais, como papel, cerâmica, metal e madeira. 

A caneta para retroprojetor é resistente à luz e à água, o que mantém a nitidez de seus traços por muito mais tempo. Seus modelos também apresentam diversidade de pontas, cada uma mais indicada para um tipo específico de produção.

Marcadores de Texto

Nossa lista de melhores tipos de canetas se encerra com os marcadores de texto, um modelo que não sai de moda. Revisar qualquer material fica muito mais fácil quando frases ou trechos maiores de um determinado texto estão destacados com eles.

Hoje em dia, os marcadores são vendidos em várias cores e não se restringem ao famoso amarelo fluorescente, permitindo dar mais ou menos relevância ao que é importante no conteúdo. Além disso, muitos marcadores podem ser recarregáveis, se tornando uma opção econômica de caneta e com finalidade específica no trabalho ou nos estudos.

Conclusão

Pronto, finalizamos por hoje a nossa lista com os melhores tipos de caneta do mercado para você escrever ou desenhar do melhor jeito. Agora você sabe como pode buscar a caneta certa para o seu estilo de escrita ou seus desenhos e conseguirá um resultado ainda melhor.

E se você quiser encontrar as melhores canetas, o site da PORT é o lugar certo! Lá você encontra uma variedade e também as principais marcas do mercado para produzir conteúdos de muita qualidade. 

Nós temos certeza que as suas artes e os seus textos terão um toque especial a partir de agora. Monte um estojo com diversas canetas, para produzir estilos diferentes e materiais diferentes que vão encantar a todos!

Previous slide
Next slide
Receba nossos conteúdos gratuitamente!

Conteúdos mais acessados

Produtos em Destaque

O Dia dos Namorados está batendo na porta e a busca pelo presente perfeito já começou. Essa é uma ótima

Os consumidores estão sempre em busca de alta qualidade, eficiência e economia no ativo e inovador mundo da tecnologia. Esse

Já é hora de começar a pensar em encontrar o presente perfeito para a namorada. Essa tarefa é desafiadora, mas

Deixe um comentário

Fechar Menu